10.14.2007

Evoco, evoco à minha infância que volte.
Esse tempo, idade de ouro, onde a felicidade ficou perdida e onde não existia o doloroso SENTIR.

1 comentário:

soul_traces disse...

Infância...Perco-me nela a todos os sonhos que consigo apanhar:)*