9.02.2008

Bateu a porta, outra vez.
Enquanto subia e descia as escadas nunca pensava senão nas escadas, cada degrau de pedra ameaçava-lhe a pele das pernas.
Já na rua, ninguém a via.
Andou. Podia estar nua, com uma dor, a sofrer ou a tremer com o calor que não tinha.
Invisível (?) aos olhos do mundo...
Visível aos olhos do amor. Era por ele que ela se levantava todas as manhãs. Era por ele que saía à rua e vivia.
Era como se ele fosse o seu coração e a sua vontade. Talvez.

12 comentários:

sem-papas-na-lingua disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
neechee disse...

*-* tão lindo. é engraçado, porque eu já me senti assim .. há muito tempo atrás.

<3 um beijinho martinha .

Sem papa na língua disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Unknown Artist disse...

"Era como se fosse o seu coração e a sua vontade!"
E não deixará de ser =)

Beijinho

Susana Branco disse...

sinto-me, em certa parte, da mesma forma!

FranciscoMeireles disse...

Naum me conhexes de lado nenhum, apenas quero parabenixar-te pelas rexpoxtax que dexte ao xem papa na lingua....kakakakakaak

muituh boax ;x

God bless you disse...

Viva mesmo meu anjo,
SOMOS AS MAIORES XDDD


*
Beijao, parabens pelo teu tambem :*

God bless you disse...

Tambem estás adicionada, com muito carinho :)

sê bem vinda tambem, sempre*

um beijinho

Notacandygirl disse...

e eu ja voltei la de cima, e tinha la o ps i love you para ver mas n vi, mas agr ainda tnh mais vontade de ver, depois do teu post, beijooo*

AshSuicide disse...

simplesmente lindo !

sem palavras !

Camila Colossi disse...

gosteeei :)



;*

Joana disse...

bom, pela tua candidatura nada podes fazer senão, esperar mesmo. eu acredito que de certa maneira o nosso destino já foi escolhido portanto o melhor é teres calma mesmo, ou tentar :)